Claudio Nasajon

Quando alguém for passivo-agressivo, confronte!

Ter um cliente passivo-agressivo pode ser frustrante porque além de limitar o acesso às informações que precisamos para prestar um bom serviço, é difícil lidar com o comportamento negativo sem ficar irritado.

Nesses casos, a minha recomendação é resistir ao impulso de revidar e, pelo contrário, aproximar-se dele.

Levante a suas preocupações de uma maneira neutra, mas transparente. Por exemplo: “fulano, em nossa última reunião você fez comentários sarcásticos sobre o meu trabalho e não sei se você está apenas sendo engraçado ou tem preocupações reais sobre o resultado. Adoraria ouvir a sua visão sobre como eu poderia melhorar”.

Parece injusto você ter que administrar o  comportamento imaturo de outra pessoa, mas na maioria das vezes, vale a pena.

Eu gravei um webinário sobre como atrair mais clientes para o seu negócio. Se tiver interesse, inscreva-se no meu site: claudionasajon.com.br

Até a próxima!

Comentários

comentários

CONVERSA EMPRESARIAL

Toda quarta-feira, às 12:34h (BRT)

Conversa online AO VIVO com Claudio Nasajon

Venha compartilhar experiências e encontrar soluções para aplicar no seu próprio negócio.

inscreva-se

Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

Pílulas de Gestão

Para receber gratuitamente, por e-mail e SMS, vídeos, artigos e dicas sobre empreendedorismo e gestão empresarial, preencha os dados a seguir.

Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

Siga-me no Facebook

Siga-me no YouTube