38 Comments

  1. André Zênito's Gravatar André Zênito
    30 de setembro de 2015    

    O teste é bacana é muito produtivo mas avalia muito situações de saúde. Penso que poderia incluir mais dilemas e preocupações do cotidiano para medir o estresse. Um abraço, CLAUDIO!

    André Zênito

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      2 de outubro de 2015    

      André,
      Obrigado pelo feedback.
      Concordo, mas usei o teste como foi publicado no livro… parece que as situações “não médicas” que geram estresse, acabam sendo indicadas nos mesmos sintomas abordados pelo teste. Por exemplo: você briga com a namorada e fica estressado, então fica com palpitações no peito, ou não dorme bem à noite…
      abs,
      Claudio

  2. Júlio César's Gravatar Júlio César
    1 de outubro de 2015    

    Muito pertinente a pesquisa. Vou ver o resultado já. Gratidão

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      2 de outubro de 2015    

      Júlio,
      Obrigado! Se tiver alguma dúvida, comentário ou sugestão, basta escrever.
      Abs,
      Claudio

  3. Monica crispim's Gravatar Monica crispim
    3 de outubro de 2015    

    Gostei muito,excelente

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Monica,
      Quem bom!
      Alguma área especifica onde eu possa ajudar?
      abs,
      Claudio

  4. ayrton's Gravatar ayrton
    3 de outubro de 2015    

    Vou ver no email e volto

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Ayrton,
      E aí? O que achou?
      abs,
      Claudio

  5. Manoel Bueno's Gravatar Manoel Bueno
    4 de outubro de 2015    

    Gostei muito vou apreciar o resultado e avaliar a necessidade de ações corretivas , Grato .

    • Manoel Bueno's Gravatar Manoel Bueno
      4 de outubro de 2015    

      Gostei muito vou apreciar o resultado e avaliar a necessidade de ações corretivas , Grato .

      • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
        5 de outubro de 2015    

        Manoel,
        Que bom que foi útil!
        Espero poder continuar ajudando.
        abs,
        Claudio

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Manoel,
      Legal!
      Se precisar ajudar com algum item dentro da minha área de expertise, é só mandar.
      abs,
      Claudio

  6. 5 de outubro de 2015    

    Como sempre, percebo mais uma iniciativa com rápida resposta ligada a algum dilema aos empreendedores ou pessoas que tem o privilégio ao acesso de tudo que vem por parte do Sr. Cláudio Nasajon.
    Em meu caso, foi o princípio de uma ¨resposta¨ as minhas indagações e falta de tempo de me cuidar.
    Meus parabéns e muito obrigado por mais esta iniciativa.
    Abraço Cláudio.
    Welton luz.

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Welton,
      Obrigado pelos elogios. Espero poder continuar ajudando.
      abs,
      Claudio

  7. lenice's Gravatar lenice
    5 de outubro de 2015    

    Olá, muito boa e precisa a avaliação!
    Esperei a resposta para comentar, me senti aliviada, pensei que o nível do meu estresse fosse maior.
    Ao receber a avaliação acompanhada com as dicas de ajuda, constatei que estávamos falando daquilo mesmo que estou vivendo.
    Muito legal, obrigada Claudio!
    Vou tentar seguir as dicas e observar se melhoro, apesar de serem dicas normais, quem vive o estresse não consegue raciocinar muito bem.

    Valeu!

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Lenice,
      Bom saber que as dicas ajudaram!
      Boa sorte nos exercícios para aliviar a tensão 🙂
      Abs
      Claudio

  8. Eliane Alves's Gravatar Eliane Alves
    5 de outubro de 2015    

    Eu estou desempregada, num momento de transição então creio que ficar stressada seja normal, pelo menos um pouco.
    Mais mesmo assim valeu o toque.

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Eliane,
      O estresse é algo bom, quando não em excesso. Ele nos mantêm alertas e ajudou a sobreviver durante as eras da evolução.
      Estar desempregado é uma situação temporária – ninguém fica desempregado para sempre – é preciso “correr atrás” e, para isso, um pouco de estresse ajuda.
      Boa sorte na corrida!
      abs,
      Claudio

  9. Daniela's Gravatar Daniela
    5 de outubro de 2015    

    Gostei!!! As indicações estão sendo ótimas!

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Daniela,
      Obrigado! Continue participando 🙂
      Abs,
      Claudio

  10. Alex Vital's Gravatar Alex Vital
    5 de outubro de 2015    

    Claudio, boa tarde.

    Acho que pode ser incluído algumas situações cotidianas de uma empresa, tais como “o que você faz quando não cumpre a meta” ou ” você não entendeu e fez errado o que o chefe pediu” e assim vai.
    Tentar medir por estas respostas o nível de stress.

    No momento estou bem 28%, eu acho.
    Um abraço

    Alex

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Alex,
      Na verdade o teste mede os EFEITOS do estresse. Ou seja, independentemente do que causou a tensão (pode ser uma briga com alguém, uma demanda do trabalho ou até o trânsito caótico), os efeitos são dor e cabeça, dificuldade para dormir etc. Então o teste foca nos efeitos e fica mais fácil entender como estamos.
      abs,
      Claudio

  11. ary lourenço filho's Gravatar ary lourenço filho
    5 de outubro de 2015    

    muito pertinente essa pesquisa, atè porque estamos passando por um momento muito tenso politicamente, os governantes não transmitem segurança para o futuro a sociedade vive estressada sem uma pespequitiva para o futuro em todos os setores principalmente o social.

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      5 de outubro de 2015    

      Ary,
      Obrigado. O estresse vem de todas as partes, inclusive de dentro de nós, mas sim – sempre é bom saber como estamos e principalmente, como liberar a tensão.
      Até a próxima,
      Claudio

  12. Elizangela's Gravatar Elizangela
    6 de outubro de 2015    

    Gostei….deu exatamente o que eu já esperava: estou estressada!!! 73%….

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      7 de outubro de 2015    

      Elizangela,
      Ops… 73% merece uma visita a algum profissional, viu? Talvez o problema possa ser resolvido com um novo ponto de vista. Tenho um amigo cuja esposa de 36 anos foi diagnosticada com câncer no cérebro. Já fez duas cirurgias e está levando a vida da forma mais normal possível. Ah sim, eles têm uma filhinha de 3 anos. Não sei o teor dos seus problemas, mas essa menina não está tão estressada quanto eu acho que estaria, ou estive com muito menos… quero dizer que entendo você, mas se olhar para os lados talvez possa redimensionar o tamanho dos problemas 🙂
      Boa sorte!
      Claudio

  13. Luiz carlos's Gravatar Luiz carlos
    6 de outubro de 2015    

    Incrivelmente, espantosamente, correto. Desempregado a dois anos sofro com esses sintomas angustiantes. Já consultei coach, já expuz meu problema até com padre rsrs mas a macumba foi boa rsrsrs. Estou ficando sem chão. Já participei de uma reunião lá em sua empresa. (Start up). Cheguei lá pra conhecer como funcionava(sem ideia nenhuma) criei na hora uma ideia de inserção de idosos na informática rsrsrs foi até bem votada rsrs. É isso aí. O que levei dali, é o que me mantém com esperança de uma volta por cima. Temos ideias, e vale a pena lapida-las.Abraços. nota 1000 para o teste. 61% rsrs

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      7 de outubro de 2015    

      Luiz,
      Não tem inverno que dure para sempre. Bola prá frente que em algum momento você faz o gol.
      Abs,
      Claudio

  14. Andréa Vieira's Gravatar Andréa Vieira
    8 de outubro de 2015    

    Jurava que esse percentual ia ser mais alto…que bom que não deu!!!

    Obrigada!!!

    OBS.: O resultado do seu STRESS TEST teste foi 25%.
    Isso significa que você tem um nível baixo de estresse. No geral, a sua saúde parece estar boa, mas pode sofrer impactos negativos de alguns eventos pontuais em sua vida.

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      9 de outubro de 2015    

      Andréa,
      Que bom! Um pouco de estresse é “bom” para manter a máquina alerta…
      abs,
      Claudio

  15. katia's Gravatar katia
    9 de outubro de 2015    

    gostei muito do meu teste exatamente assim que me sinto como no resultado do meu teste

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      9 de outubro de 2015    

      Katia,
      Que bom! Agora é trabalhar para aliviar as tensões, né?
      abs,
      Claudio

  16. Alexandre Carvalho's Gravatar Alexandre Carvalho
    12 de outubro de 2015    

    Bem elucidativo esse stress test. Fornece excelente parâmetro para sabermos quando diminuir ou trocar a forma de lidar com as obrigações.
    Muito obrigado, Sr. Cláudio!

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      21 de outubro de 2015    

      Alexandre,
      Obrigado!
      O resultado bate com a sua percepção?
      Claudio

  17. JOANA FREITAS's Gravatar JOANA FREITAS
    13 de outubro de 2015    

    O resultado do seu STRESS TEST teste foi 43%.

    Isso significa que você tem um nível médio de estresse. Provavelmente está sentindo pressões internas ou externas e deveria fazer algo para aliviá-las.

    Gostaria de ter tempo para fazer o que realmente gosto, mais quando sobra uns minutos do meu fim do dia já estou esgotada…

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      21 de outubro de 2015    

      Joana,
      Outro dia fiquei sem internet por umas horas e parei, literalmente, já que meu trabalho depende da conexão. Fiquei imaginando como seria a minha vida se o prédio onde trabalho fosse interditado (como naquela época do 11 de setembro em que suspeitas de atentado paravam tudo a qualquer momento). É um bom exercício para se fazer. Afinal, só temos uma vida (pelo menos que possamos reconhecer e lembrar)… talvez a prioridade das tarefas deva ser repensada. Fica a sugestão:
      a) Faça uma lista das tarefas que você realiza diariamente por ordem de TEMPO UTILIZADO
      b) Depois coloque um número (numa escala que seja confortável, 1 a 5, 1 a 10, alta/baixa etc.) para cada item da lista, indicando a sua IMPORTANCIA para os resultados de longo prazo (ou seja, qual o impacto que aquela tarefa terá se você pensar nos resultados que ela traz daqui a 5-10 anos);
      c) Se os números de “importancia” não estiverem alinhados com a ordem de tempo investido, recomendo mudar a aplicação de tempo de cada tarefa. Pergunte-se “por que tenho que fazer isso que não terá impacto algum, afinal?”. Talvez você elimine focos de estresse…
      abs,
      Claudio

  18. Mario's Gravatar Mario
    15 de dezembro de 2015    

    Prezado Claudio
    Parabéns pela sua iniciativa e ajuda. Fico feliz em termos ao nosso lado, alguém que nos possa auxiliar, com informações, videos, etc.
    Continue sempre assim.

    Abraços
    Mario

    • Claudio Nasajon's Gravatar Claudio Nasajon
      15 de dezembro de 2015    

      Mario, obrigado pelo retorno. Se quiser sugerir algum tema, manda. Toda semana gravo um video diferente 🙂