Torne conversas difíceis construtivas

Quando você planeja ter uma conversa que tenha rotulado como "difícil", é provável que sinta nervosismo, estresse, irritação ou algum outro sentimento que gere “emoções negativas”.

Isso é ruim porque obriga você a gastar energia adicional para lidar com essas emoções, além daquela que precisa para levar a conversa em si.

Para minimizar esse problema, uma técnica é pensar na situação desde um ponto de vista mais construtivo.

Por exemplo: você não está demitindo um funcionário e sim dando a ele a chance de buscar um novo horizonte. De fato, muitos empreendedores só decolaram quando foram demitidos das suas zonas de conforto.

Em suma, entenda que se trata de uma conversa difícil, mas enquadre-a da forma mais construtiva possível.

Se você tratar a outra pessoa com respeito e abordar a situação como uma construção a quatro mãos, existe a chance de ambos saírem ilesos ou menos machucados.

Se tiver interesse, inscreva-se aqui: claudionasajon.com.br/inscreva-se
Até a próxima!

Relatorio Gestão de Valor

Assine o relatório "Gestão de Valor" e receba mensalmente, por e-mail, um passo a passo detalhando uma estratégia para tornar a sua empresa mais rentável, escalável e autogerenciável!

claudionasajon.com.br/gestaodevalor

Comentários

comentários

Veja como aumentar a fidelidade, reduzir a evasão e fortalecer a relação com os seus clientes

Apresentação Online AO VIVO

Dia 25 de set, 3ª feira, às 20h

Pílulas de Gestão

Para receber gratuitamente, por e-mail, vídeos, artigos e dicas sobre empreendedorismo e gestão empresarial, preencha os dados a seguir.

Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

Quanto vale a sua empresa? Faça este teste e descubra!

Teste de estresse

Conheça o seu nível de estresse clicando na imagem abaixo e respondendo a algumas poucas perguntas.

Teste de autismo

Conheça a relação entre as suas habilidades técnicas e capacidade de socialização com este breve teste de QA (Coeficiente de Autismo).

Siga-me no Facebook

Siga-me no YouTube