Claudio Nasajon

Como agir em caso de incidentes

 

Nos momentos em que acontecem tragédias, dá para identificar claramente dois tipos de comportamento.

Enquanto algumas empresas doam seus recursos para ajudar as vítimas, outras cobram mais caro para aproveitar a escassez do momento.

Por isso, em função do que aconteceu em Brumadinho, no vídeo de hoje abordo a importância do relacionamento com clientes para o sucesso de uma empresa.

Começo esclarecendo que software é uma ferramenta, como qualquer outra, que precisa de todo um aparato, que vai além da tecnologia, para funcionar adequadamente.

O caso de Brumadinho é um exemplo interessante desse conceito, porque os trabalhos de resgate precisam ser realizados em áreas inacessíveis por terra.

Nesses casos, a primeira coisa que as pessoas pensam é nos helicópteros para encontrar sobreviventes,

Só que com o valor de uma hora de helicóptero, pode-se contratar cerca de cento e cinquenta horas drones especializados em mapeamento aerofotogramétrico, que são mais eficazes porque voam mais baixo – alguns têm precisão de até 3 cm.

Automóveis são outro exemplo.

Imagine que você precise de um carro e tenha a opção de escolher entre uma Ferrari e um Corolla.

Qual é melhor?

Depende.

Se for para ter na coleção, guardar na garagem e sair para desfilar nos fins-de-semana, a Ferrari, sem dúvida.

Mas se for para ir de casa ao escritório, alguns quilômetros de trânsito pesado, todos os dias, o Corolla é imbatível.

A Ferrari tem mais glamour e é tecnologicamente superior, mas o Corolla vai fazer o serviço com mais eficiência e menor custo.

Até porque você não vai conseguir usar os 490 Cavalos de potência da Ferrari num trânsito de primeira-segunda-primeira.

Nem o turbocompressor nas vias congestionadas a 10 Km/h.

E muito menos a direção assistida com caravanas de motocicletas passando a 5 cm do retrovisor de ambos os lados da via.

A Ferrari é mais glamurosa, mas para esse caso, o Corolla é melhor.

Em suma: além das funcionalidades, são igualmente relevantes o atendimento que você receberá depois da compra, incluindo treinamento e o suporte pós-venda.

E, claro, como dizia meu pai, “melhor ser jovem, rico e saudável do que velho, pobre e doente”.

Então, se você encontrar uma empresa que ofereça um ERP completo,

Com todas as firulas tecnológicas importantes, com selo de “qualidade ouro”, nota máxima de qualidade de software concedida pela COPPE/UFRJ,

Que também seja um excelente lugar para trabalhar, desde 2003 no ranking da GPTW,

E que ainda por cima tenha o maior índice de satisfação do setor, medido pelo Net Promoter Score,

A decisão fica bem mais fácil.

A propósito: se quiser conhecer o ERP Nasajon que é isso tudo, basta mandar um e-mail para mim e eu peço a alguém do time para ligar para você e fazer uma demonstração sem compromisso.

Até a próxima,

Claudio.

Comentários

comentários

CONVERSA EMPRESARIAL

Toda quarta-feira, às 21h (BRT)

Conversa online AO VIVO com Claudio Nasajon

Venha compartilhar experiências e encontrar soluções para aplicar no seu próprio negócio.

inscreva-se

Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

Pílulas de Gestão

Para receber gratuitamente, por e-mail e SMS, vídeos, artigos e dicas sobre empreendedorismo e gestão empresarial, preencha os dados a seguir.

Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

Siga-me no Facebook

Siga-me no YouTube