Gestão & Negócios

Como aumentar as vendas em uma pequena empresa

As micro e pequenas empresas têm um papel fundamental na economia do Brasil. De acordo com o SEBRAE, elas são responsáveis por 20% do PIB brasileiro.

Muitas dessas empresas enfrentam dificuldades em aumentar as suas vendas, devido aos baixos recursos para investir em anúncios. Mas existem estratégias que podem facilitar esse trabalho.

Desde o relacionamento com o cliente até a prospecção pelas redes sociais, é possível aumentar as vendas com qualidade e eficiência.

Entretanto, muitas companhias têm dúvidas de qual estratégia é mais assertiva para o seu tipo de negócio.

Para resolver essas dúvidas, nós preparamos algumas dicas para as pequenas empresas aumentarem as suas vendas de forma rápida e sustentável.

1 – Conheça o seu cliente

Um dos passos fundamentais para sua pequena empresa aumentar as vendas é conhecendo o seu cliente de perto.

Isso porque não há vendas sem conhecer o seu público-alvo. Portanto, é preciso conhecer o seu cliente antes de comercializar seu produto.

Conheça os hábitos e as necessidades de compra dos clientes, fica mais fácil vender com assertividade.

Caso sua empresa tenha dificuldade em encontrar o seu público, crie uma persona que é um personagem fictício que representa o cliente ideal da sua empresa.

Essa estratégia oferece vários outros benefícios, como maior conhecimento na linguagem utilizada, melhor direcionamento das campanhas e melhores abordagens de venda.

Para criar uma persona é necessário ter informações como idade, gênero, profissão, renda, escolaridade, local onde mora, entre outros.

Com essas informações é possível construir o cliente ideal da sua empresa. Ex: João, empresário de 35 anos que mora em São Paulo e tem ensino superior completo.

Dessa forma, fica mais fácil a empresa conseguir encontrar o público-alvo e oferecer o produto exato para ele.

2 – Tenha diferentes canais de divulgação

Não basta escolher o público para vender, é necessário saber como divulgar o seu produto para ter mais vendas.

Em primeiro lugar, a empresa precisa estar na internet, pois 70% da população brasileira está navegando na rede, segundo a pesquisa TIC Domicílios.

Segundo, mais de 70% das pequenas empresas usam redes sociais como uma ferramenta de gestão e vendas do negócio, de acordo com o SEBRAE.

Portanto, divulgar a sua pequena empresa na internet significa mostrar que o seu produto ou serviço existe no mercado.

Comece promovendo seu produto pelo site, por meio das técnicas de SEO (Search Engine Optimization), que ajudam a sua empresa a melhorar o posicionamento nos buscadores.

Usando técnicas como conteúdo, links internos e externos, configuração do site e outros fatores, o SEO ajuda o site da sua empresa a ser reconhecida positivamente pelos mecanismos de busca.

Assim, o seu site passa a ser bem ranqueado nos buscadores, aumentando a visibilidade e o número de usuários na página.

Outra boa estratégia são as redes sociais. Utilizada por 62% dos brasileiros, essas mídias podem ser excelentes canais de comunicação e divulgação das empresas.

Como se trata de um ambiente informal, no qual o público compartilha sua vida pessoal, a empresa precisa se aproximar dessas pessoas sem perder a formalidade.

Outra coisa, não foque apenas em divulgar o seu produto, ofereça algo de grande valor, como conteúdos relevantes e inspiradores para o seu público.

Exemplos de conteúdos podem ser dicas práticas sobre determinado tema e conteúdos em vídeo e imagens inspiradoras. Essas são formas da empresa se manter engajada nas redes.

E sempre interaja com o seu público, responda as dúvidas e dores dos seguidores, pois eles podem enxergar a sua empresa como uma autoridade no assunto.

Dessa forma, os canais de divulgação são uma ferramenta para conseguir mais leads qualificados e aumentar as vendas pela internet.

3 – Invista em atendimento de qualidade

O relacionamento com o cliente é fundamental para as empresas se manterem no mercado e conseguirem resultados.

De acordo com pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, o mal atendimento é responsável por 68% das desistências de compra.

Mais do que atendimento, a pequena empresa deve investir em relacionamento, seja o mais próximo possível com o seu cliente e ter um fluxo de nutrição constante.

Um canal que pode ser usado para diminuir a distância é o WhatsApp, aplicativo de mensagens que é utilizado por 56% da população brasileira, de acordo com o Statista.

Com o WhatsApp Business é possível ter mais dinamismo e velocidade na resposta aos clientes, fundamental para dúvidas frequentes e venda de produtos.

Outro recurso interessante é a possibilidade de sincronizar o número do telefone fixo. Isso ajuda o empreendedor se manter em contato com cliente mesmo estando fora do local de trabalho.

Ter um bom e rápido atendimento é fundamental, pois o cliente se sente bem atendido e que a empresa se preocupa com ele.

E o resultado disso é a satisfação e maiores chances da empresa vender seus produtos para os clientes.

4 – Precificação dos produtos

O preço dos produtos é um tema delicado para pequenas empresas. Isso porque elas precisam ser assertivas devido aos recursos financeiros escassos.

Existem três modelos de precificação. O primeiro é em relação ao custo, que é definida pela porcentagem dada ao custo total do produto (Custos diretos, indiretos, variáveis e fixos).

O segundo modelo é o de demanda, que é feito a partir do valor que o cliente pretende pagar pelo produto, usando fatores como qualidade, atendimento e reputação.

E o terceiro modo de precificação é pela concorrência, feita para atrair a clientela com preços competitivos, ou seja, mais baixos que a concorrência.

Em qualquer modelo de preços é preciso ter atenção em cada detalhe, cobrando um valor justo tanto para o cliente, quanto para a lucratividade do negócio.

Para calcular melhor o preço é preciso mensurar todos os custos do produto e como ele pode ser competitivo, pois dessa forma, sua empresa estará bem em relação à concorrência.

Aumente as vendas da sua pequena empresa

As pequenas empresas enfrentam inúmeras dificuldades, devido aos custos menores para gastar em anúncios na internet e OOH (Out of Home).

Mas, as pequenas empresas também podem aumentar as suas vendas a partir do conhecimento do seu cliente. Conhecendo o seu cliente a empresa consegue ter a abordagem assertiva de venda.

Outra boa estratégia é estar presente em vários canais de divulgação, pois os produtos da empresa terão mais visibilidade e maiores chances de vender na internet com bom posicionamento nos buscadores e nas redes sociais.

E tenha cuidado com o preço do produto. A razão disso é que o produto precisa conciliar competitividade e lucratividade para a pequena empresa. Por isso, é necessário mensurar todas as possibilidades de preço, desde custos, até a concorrência.

Com essas dicas sua pequena empresa consegue ser mais assertiva em vender para os clientes, gerando grandes resultados de forma sólida.

Comentários

comentários

Missão de Negócios em Portugal (4-8/mai/20)

MASTERCLASS: Como tomar decisões (inscreva-se na Sala VIP para assistir)

Fundo de investimento em negócios

Fundo de investimento em negócios

Seminário gratuito

Encontro AO VIVO

Converse online AO VIVO com Claudio Nasajon

Venha compartilhar experiências e encontrar soluções para aplicar no seu próprio negócio.

Siga-me no YouTube

Pílulas de gestão

Para receber gratuitamente, por e-mail, vídeos, artigos e dicas sobre negócios, preencha os dados a seguir.

Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

Siga-me no Facebook