Gestão & Negócios

Quando vale a pena ser MEI

Olá,

Outro dia conversava com um ambulante que tem um produto diferenciado e quando negociava o fornecimento para a minha empresa, ele avisou que não tinha, o que aliás, era causa de perder vários negócios.

Qual a importância da nota fiscal?

“Por que você não vira MEI?“, perguntei. “Pois é, tenho que buscar um contador para entender melhor o assunto”, disse ele. Só que não precisa.

Então, fiz esse programa para quem está nessa situação.

Veja: a inscrição para ser microempreendedor individual é gratuita. Além disso, o MEI não precisa de contador, porque tudo é simplificado e feito pela internet.

Entra no portal do portaldoempreendedor.gov.br e mediante uma taxa fixa da ordem de R$ 60 por mês, você tem acesso a todos os benefícios incluindo CNPJ para poder faturar para empresas, direito à aposentadoria, licença maternidade e até seguro de acidentes do trabalho, além de linhas de crédito e cartão de crédito simplificado, por exemplo.

Se quiser saber mais sobre como se tornar um microempreendedor individual, navegue no meu site.

Por favor, não deixe de colocar o seu comentário abaixo. Dependo dos seus elogios, críticas e sugestões para saber se estou indo no caminho certo.

Até a próxima!

 

__________________________________________________________________________________________________________________

Para fazer a inscrição como MEI, basta entrar no site portaldoempreendedor.gov.br.

O processo começa com a pesquisa do nome empresarial, ou seja, o nome que o empreendedor quer dar ao seu negócio. O sistema informará se o nome está disponível para registro (ou não).

Se aprovado o nome da empresa, o interessado deve a ficha de inscrição, informando os seus dados e os do negócio que está registrando. Feito isso, recebe automaticamente os registros de CNPJ, Junta Comercial e Previdência Social que devem ser impressos, assinados e encaminhados à Junta Comercial anexados de cópias de RG e CPF num prazo de até 60 dias.

Concluída a inscrição, o empreendedor deverá solicitar a emissão do Documento de Arrecadação Simplificada (DAS), por meio do qual fará o pagamento do imposto único mensal. Como esse valor é fixo, ele poderá solicitar o DAS para o ano inteiro e pagar mês a mês

Os custos de ser MEI são de aproximadamente R$ 60 por mês, pagos por meio do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – DAS, independentemente do volume das vendas ou do faturamento, desde que não ultrapasse o limite de R$ 3.600 por mês.

O microempreendedor individual está dispensado da emissão de documentos fiscais nas operações e serviços para o consumidor final pessoa física. Está obrigado a preencher apenas um resumo mensal de vendas/receitas, que poderá ser feito de próprio punho, anexado das notas fiscais relativas a compras de mercadoreias/serviços.

O microempreendedor individual deverá prestar informações anualmente de forma extremamente simplificada. Informará, até 31 de janeiro de cada ano, tão-somente: a receita bruta total auferida relativa ao ano-calendário anterior; a receita bruta total auferida relativa ao ano-calendário anterior, referente às atividades sujeitas ao ICMS; se contratou empregado.

Benefícios:

Além da tranquilidade de atuar regularmente, o empreendedor tem uma série de benefícios. O principal é o previdenciário. O valor do benefício é de um salário mínimo na aposentadoria, mas tem outros benefícios como: licença-maternidade, auxílio-doença, seguro por acidente de trabalho, acesso a financiamento e participação em licitação, entre outros.

Linhas de crédito

Outra vantagem do microempreendedor individual são as linhas de crédito específicas. O Banco do Brasil e o Banco do Nordeste já estão formatando produtos, com lançamento previsto para julho que incluem  soluções simplificadas e de preço reduzido para capital de giro e cartão de crédito.

Comentários

comentários

MENTORIA

mentoria empresa vendável

MASTERCLASS

masterclass marketing para mídias sociais

LINKS EMPRESA VENDÁVEL

Cadastre-se nos canais do programa EMPRESA VENDÁVEL e veja como transformar a sua empresa-emprego num negócio rentável, escalável e autogerenciável. canais empresa vendvel

Grupo de Telegram

Inscreva-se no canal de Telegram e receba alertas sobre lives, webinários e análises diárias sobre oportunidades para tornar a sua empresa "vendável".

Grupo de Telegram

Siga-me no YouTube



Siga-me no Facebook

Podcast “Empresa Vendável”