Gestão & Negócios

Abrir um negócio próprio significa assumir riscos

Sabe aquele ditado “quem não arrisca não petisca?”. Pois é, no mundo dos negócios é exatamente assim. Eu li há alguns dias a história de uma empresária de São Caetano do Sul, interior de São Paulo, que exemplifica isso.

Depois de trabalhar por dez anos em uma escola infantil de cursos, a empresária decidiu abrir o seu próprio negócio. Só que, para isso, teve que investir o dinheiro que a família conseguiu com a venda da única casa que possuía, que tinha sido deixada pelos avós.

Com os 80 mil da venda, a empresária acrescentou outros 15 mil que tinha juntado e abriu a primeira escola, em 2010. Hoje a rede de cursos já tem 6 unidades e fatura quase 5 milhões por ano.

Ouça esta dica!

Comentários

comentários

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Encontro AO VIVO

Converse online AO VIVO com Claudio Nasajon

Venha compartilhar experiências e encontrar soluções para aplicar no seu próprio negócio.

Fundo de investimento em negócios

Fundo de investimento em negócios

Curso online

Siga-me no YouTube

Pílulas de gestão

Para receber gratuitamente, por e-mail, vídeos, artigos e dicas sobre negócios, preencha os dados a seguir.

Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

Siga-me no Facebook