Claudio Nasajon

    Quando você dá feedback, consegue ouvir também?

    Como gestor, uma das minhas funções é dar feedback, mas depois de trinta anos à frente de uma empresa que hoje tem centenas de funcionários, percebi que não adianta falar se o funcionário não quiser ouvir.

    Por isso não foi surpresa quando li o artigo do Professor Avi Kluger, da Universidade Hebraica de Jerusalém, comentando os resultados de uma pesquisa sugerindo que a escuta atenta e sem julgamento do gerente, torna o funcionário mais relaxado e menos defensivo.

    Por isso, sempre que quero dar feedback a alguém, ouço atentamente o que a pessoa diz e faço perguntas para incentivá-la a continuar falando.

    Afinal, é muito mais provável que alguém se abra comigo se tiver espaço para dizer o que pensa e sentir que estou realmente ouvindo, do que se achar que já tenho uma opinião formada e estou apenas realizando uma formalidade.

    Para mais dicas sobre negócios, inscreva-se aqui.

    Até a próxima!

    Comentários

    comentários

    CONVERSA EMPRESARIAL

    Toda quarta-feira, às 21h (BRT)

    Conversa online AO VIVO com Claudio Nasajon

    Venha compartilhar experiências e encontrar soluções para aplicar no seu próprio negócio.

    inscreva-se

    Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

    Pílulas de Gestão

    Para receber gratuitamente, por e-mail e SMS, vídeos, artigos e dicas sobre empreendedorismo e gestão empresarial, preencha os dados a seguir.

    Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

    Siga-me no Facebook

    Siga-me no YouTube