Claudio Nasajon

    Sempre haverá coisas a fazer amanhã

    Quando a gente tem uma lista interminável de tarefas, é fácil sentir-se culpado pelo que não conseguimos fazer, mas existe uma outra forma de ver a questão.

    No meu caso, quando chego ao final do dia deprimido por não ter acabado a lista de tarefas, penso no que diria a um amigo que estivesse triste por ter atrasado um projeto.

    Normalmente a gente diz coisas como “não se preocupe tanto” e acha coisas positivas ligadas à situação, não é?

    Então… faço a mesma coisa comigo mesmo.

    Me concentro no que fui capaz de realizar. Recito a “lista de feitos” em vez da lista de “afazeres”.

    E como na maioria das vezes, o trabalho vai continuar lá amanhã, em vez de dar atenção à culpa, respiro fundo e me preparo para fazer o meu melhor no dia seguinte.

    Para mais recomendações sobre negócios, inscreva-se aqui.

    Até a próxima!

    Comentários

    comentários

    CONVERSA EMPRESARIAL

    Toda quarta-feira, às 21h (BRT)

    Conversa online AO VIVO com Claudio Nasajon

    Venha compartilhar experiências e encontrar soluções para aplicar no seu próprio negócio.

    inscreva-se

    Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

    Pílulas de Gestão

    Para receber gratuitamente, por e-mail e SMS, vídeos, artigos e dicas sobre empreendedorismo e gestão empresarial, preencha os dados a seguir.

    Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

    Siga-me no Facebook

    Siga-me no YouTube