Mentoria de negócios
Substitutos também são concorrentes

👉👉👉 Links (muito) úteis:👈👈👈

Inscreva-se no site para receber dicas por e-mail

Inscreva-se no grupo de Whatsapp para receber vídeos de gestão e negócios direto no cel

Curso: COMO ATRAIR MAIS CLIENTES

Conheça a Sala VIP de Negócios (assinatura)

Siga-me no Youtube

Siga-me no Facebook

Siga-me no Instagram

Siga-me no LinkedIn

Siga-me no Twitter

Existem muito mais concorrentes no seu mercado, do que as empresas que vendem produtos e serviços similares aos seus, só que poucos dão atenção a eles.

Se você tem uma loja de vestidos, outras lojas de vestidos ao seu redor impactam seu faturamento, estão concorrendo diretamente pela escolha do seu cliente.

Mas há outros concorrentes, que normalmente não são considerados e também impactam fortemente os resultados das vendas.

A história é mais ou menos assim: a Maria precisa de um vestido de festa e vai ao shopping.

Lá tem quatro lojas de vestidos de festa. A sua e mais três.

Ela experimenta todos e no final escolhe um.

Se gostou mais do seu, beleza, mas se a outra loja oferecer alguma conveniência melhor, pode ganhar a venda.

Conveniência, nesse caso, pode ser o próprio vestido, que ficou melhor no corpo dela, mas também pode ser o atendimento, o preço, o fato de que na outra loja entregam em casa depois de fazer o ajuste… qualquer coisa a mais do concorrente pode pôr em risco a sua venda.

Mas eu tenho certeza que tudo isso está no seu radar.

Você provavelmente passa pelas outras lojas para ver que modelos eles estão expondo, como é o atendimento, quais são os preços e por aí vai.

Obviamente eles também monitoram você porque o jogo é jogado dessa forma. Essas são as regras desse jogo.

O que pouca gente para para pensar, é que a Maria tem OUTRAS opções no seu mapa.

Por exemplo: ela pode decidir contratar um alfaiate e re-estilizar uma roupa antiga.

Ou pode optar por alugar um vestido.

E aí ela não compra nem na sua loja, nem na dos concorrentes porque opta por uma terceira via que muitas vezes você nem considerava concorrência.

Muitas empresas que às vezes não consideramos concorrentes, concorrem sim, às vezes com vantagens que podem pôr em risco nosso negócio.

Ou você acha que a indústria automobilística não sofre com a popularização do Uber?

Então, enquanto volkswagen, ford, fiat e chevrolet ficavam duelando entre elas para ver quem ia vender mais carros naquele ano, vem um carinha que nem fabricar carros fabrica, e começa a reduzir as vendas oferecendo serviços de transporte.

Mesma coisa com a indústria de cinema. Fox e Universal ficam brigando pelos blockbusters e de repente entra a Netflix e as pessoas em vez de ir ao cinema marcam maratonas de séries em casa, com impacto nas bilheterias.

Conclusão: você precisa mapear os seus concorrentes sim, mas o seu mapa não pode ignorar os substitutos – empresas que às vezes não têm nada a ver com a sua, mas que concorrem pelo mesmo cliente.

A boa notícia é que eu mostro um passo a passo para você mapear os seus concorrentes – TODOS ELES – no curso COMO ATRAIR MAIS CLIENTES PARA O SEU NEGÓCIO.

Se quiser participar, basta inscrever-se aqui.

Até a próxima!

Claudio Nasajon