Gestão & Negócios
O conflito entre ser feliz e ter razão

 

“Meu sócio diz que ele “”escolhe as batalhas que vai travar comigo”” porque às vezes o resultado simplesmente não compensa desgaste de argumentar, defender um ponto de vista ou tentar convencer-me de algo que não estou convencido (ou pior, quando estou convencido do contrário).

Essa é uma análise que deveríamos fazer a cada embate, seja nos negócios ou nos relacionamentos pessoais. Meus conflitos com a Patrícia, minha esposa, reduziram de forma significativa quando passei a adotar a fórmula do meu irmão e “”escolher as batalhas que travo com ela””. Melhor ser feliz do que ter razão.

Mas às vezes a lógica se inverte. Tem algumas situações nas quais o coração manda. Prefiro ficar sem o marshmallow do que deixar o outro lado levar a maior parte do bolo impunemente (se você não entendeu, procura no youtube por teste do marshmallow).

E aí a lógica é semelhante: não dá para se deixar levar SEMPRE pelo coração, mas também não é sadio se deixar SEMPRE pela lógica. Como dizia meu pai, o segredo está no equilíbrio.

Se quiser fazer parte dessas discussões, entre no meu grupo de Telegram.