Mentoria de negócios
Organize seus próprios eventos para atrair clientes

👉👉👉 Links (muito) úteis:👈👈👈

Inscreva-se no site para receber dicas por e-mail

Inscreva-se no grupo de Whatsapp para receber vídeos de gestão e negócios direto no cel

Curso: COMO ATRAIR MAIS CLIENTES

Conheça a Sala VIP de Negócios (assinatura)

Siga-me no Youtube

Siga-me no Facebook

Siga-me no Instagram

Siga-me no LinkedIn

Siga-me no Twitter

Participar de conferências e expor em feiras de negócios são ótimas maneiras de conhecer potenciais clientes, mas esses não são os únicos caminhos.

Uma abordagem, muitas vezes negligenciada, é a organização de eventos próprios, nos quais você pode definir o tipo de pessoa que quer atrair.

Dá para fazer eventos de qualquer tamanho, mas EU gosto de organizar eventos pequenos, que são mais íntimos e nos quais consigo conhecer melhor as pessoas.

O conceito geral é reunir gente que tenha algo em comum.

Por exemplo, neste momento estou organizando um grupo para falar sobre como atrair clientes para o seu negócio sem precisar fazer propaganda.

Mês que vem vou fazer outro para falar sobre como aumentar o salário sem precisar estudar e nem mudar de emprego.

E no seguinte estou programando mostrar como fazer para que o negócio não dependa tanto de si.

Em todos eles, o objetivo é juntar pessoas que tenham desafios semelhantes e um objetivo comum.

Não adianta falar sobre como aumentar o salário para um empresário cujo desafio é ter mais independência do seu negócio.

Nesses eventos existem basicamente quatro etapas:

A primeira, é ATRAIR potenciais clientes.

Para isso, crie uma programação estupidamente interessante, que chame a atenção e desperte o interesse das pessoas em participar.

Em outras palavras, não adianta fazer um evento para mostrar o seu produto, porque isso só interessa a você e a meia dúzia de pessoas que já conhecem o negócio.

O evento precisa RESOLVER UM PROBLEMA de um grupo específico de pessoas e o conteúdo tem que ser sobre isso, não sobre a ferramenta ou a metodologia e sim sobre como resolver o problema.

As pessoas não querem comprar latas de tinta… querem ter a parede pintada.

Um evento para falar da tecnologia por trás da nova linha de tintas vai ter muito menos interessados do que outro que fale como garantir paredes mais bonitas e duráveis.

O desafio, portanto, é definir um tema que aborde a SOLUÇÃO DE UM PROBLEMA de um determinado grupo de pessoas.

A segunda etapa é ENGAJAR o público.

Não basta que eles tenham esse determinado problema que você resolve, nem que participem do evento – eles precisam interagir com você.

É mais parecido com videogame do que com TV.

Na TV as pessoas ligam, assistem e desligam. Não há interação – salvo em alguns poucos programas como o big brother, no qual as pessoas podem votar por telefone.

Já no videogame, o jogador PRECISA interagir, tem que se envolver.

Por isso eu gosto muito mais de workshops do que de palestras.

Nos workshops eu dou exercícios práticos para que as pessoas coloquem a mão na massa lá, durante o evento, e possam sentir os resultados na hora.

A terceira etapa é a conversão.

Você faz o evento para atrair e engajar clientes potenciais, mas uma parcela deles precisa comprar o seu produto ou serviço para que todo esse esforço valha a pena.

Num bom evento, com público adequado, você pode converter de dez a trinta por cento da audiência.

E a quarta etapa, super importante, mas que algumas pessoas esquecem, é a FIDELIZAÇÃO o que acontece DEPOIS da venda.

É nessa fase que você consegue depoimentos positivos, indicações, vende outros produtos e aumenta a sua margem.

É quatro vezes mais fácil vender um produto para um cliente atual do que para um novo cliente.

Então – resumindo: ATRAIR, ENGAJAR, CONVERTER e FIDELIZAR.

Eu fiz um check-list com o passo a passo para organizar eventos. Para fazer o download, basta clicar aqui.

Até a próxima!