Claudio Nasajon

    Só externalize as suas emoções se elas forem úteis

    Quando a gente discute com alguém, é normal sentir todos os tipos de emoções: decepção, raiva ou frustração, por exemplo.

    Mas será que é bom expressar o que estamos sentindo?

    Depende.

    Se você está experimentando o que os psicólogos chamam de emoções quentes – normalmente associadas a um senso urgente de justiça ou até de vingança é melhor encontrar uma maneira de se acalmar primeiro.

    Já se a emoção for fria, se você pode controlá-la para ajudar na situação, então provavelmente deve expressá-la.

    Nesses casos, explique como se sente e qual é a causa disso. Dizer a alguém que você está com raiva é menos útil do que compartilhar o seu desapontamento por não ter cumprido um compromisso.

    Para mais dicas sobre negócios, inscreva-se aqui.

    Até a próxima!

    Comentários

    comentários

    CONVERSA EMPRESARIAL

    Toda quarta-feira, às 21h (BRT)

    Conversa online AO VIVO com Claudio Nasajon

    Venha compartilhar experiências e encontrar soluções para aplicar no seu próprio negócio.

    inscreva-se

    Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

    Pílulas de Gestão

    Para receber gratuitamente, por e-mail e SMS, vídeos, artigos e dicas sobre empreendedorismo e gestão empresarial, preencha os dados a seguir.

    Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

    Siga-me no Facebook

    Siga-me no YouTube