Gestão estratégica de pessoas inclui reuniões individuais

gestão estratégica de pessoasMuitos gestores sofrem de uma síndrome conhecida como reuniãozite aguda. Ou seja, boa parte do seu tempo é ocupada por reuniões sem fim. Diante desse cenário, muitos acabam eliminando os encontros individuais com seus subordinados. Isso é um erro, pois a gestão estratégica de pessoas exige encontros personalizados com cada um para dar e receber feedback, avaliar resultados e corrigir eventuais desvios de rota.

Não fazer reuniões individuais economiza tempo sim, mas, a longo prazo, o custo para realizar a gestão dos recursos humanos é maior do que o benefício. Sem um espaço próprio para esclarecer as prioridades relacionadas ao gerenciamento de projetos sob sua responsabilidade, avaliar metas ou discutir resultados individuais, os subordinados tendem a buscar outros canais. Autonomia é a chave da motivação, mas não é preciso fazer uma pós graduação para saber que e-mails e interrupções não programadas são menos eficientes do que encontros formais programados (e também consomem tempo).

O planejamento estratégico de empresas que fazem gestão da qualidade deve incluir tarefas (ou objetivos e metas) relacionados à percepção dos subordinados de cada gestor. Em qualquer curso de pós-graduação ou mestrado profissional da área de recursos humanos, aprende-se que o feedback (dado e recebido) é uma das mais poderosas ferramentas para a gestão de recursos humanos.

Gestão estratégica de pessoas deve incluir administração de RH

No livro “Gestão estratégica de pessoas”, de Bruno Fernandes, o autor aborda o tema de forma estruturada e analisa as várias etapas do processo de administração de recursos humanos.

Na estrutura formal, a gestão empresarial engloba gestão financeira, gestão da qualidade e gestão de projetos. O processo normalmente inclui reuniões frequentes dos níveis hierárquicos mais elevados (gestores). Esses encontros tendem a consumir o tempo dos executores a ponto de muitos não disporem de tempo para encontros individuais em suas agendas, prejudicando a gestão dos recursos humanos sob sua supervisão.

Mesmo em empresas que não incorporam a cultura de gerenciamento de projetos, o próprio planejamento estratégico incorpora etapas de avaliação de resultados que exigem reuniões periódicas de acompanhamento de resultados.

Gestão estratégica de pessoas, sem reuniões, pode isolar gestores

Um dos maiores problemas gerados pela gestão estratégica de pessoas sem reuniões frequentes entre líderes e liderados é a tendência ao isolamento. Quando os gestores deixam de ter encontros individuais com os geridos, a gestão empresarial passa a ser realizada de forma coletiva, o que reduz o envolvimento dos funcionários.

Tem um artigo que publiquei neste Blog sobre isso e dá algumas dicas adicionais. A recomendação é: converse cara a cara com cada subordinado!

Excesso de reuniões atrapalha a gestão

Um vídeo divertido, e ao mesmo tempo caricato, de uma situação que acontece em muitas organizações, foi produzido pelo Porta dos Fundos com o título “Reunião”:

Claro que o vídeo é uma sátira, mas não surpreenda-se ao encontrar cenas muito parecidas na sua empresa. Muitas vezes as pessoas se reúnem até sem assunto, para tratar de coisa alguma.

Esse, aliás, é outro problema sério com as reuniões. Uma reunião, para ser efetiva, precisa ser adequadamente planejada.  Nesse ponto, a gestão estratégica de pessoas inclui um bom gerenciamento de reuniões.

Curso online GRÁTIS sobre gerenciamento de reuniões

Um curso online gratuito sobre gerenciamento de reuniões que aborda o assunto muito bem é o do IPED (Instituto Politécnico de Ensino a Distância). O curso é bem abrangente e pode ajudar você não só a planejar melhor as suas reuniões, como a reduzir o número delas.

CURSO ONLINE GRÁTIS DE GERENCIAMENTO DE REUNIÕES - ACESSE AQUI

Garanta espaço na agenda para realizar a gestão estratégica de pessoas

Em suma: no que diz respeito à gestão estratégica de pessoas, a minha recomendação é você GARANTIR espaço em sua agenda para ter pelo menos uma reunião quinzenal com cada subordinado, mesmo que seja um tempo curto, quinze, vinte minutos.

Dessa forma, você poderá abordar isoladamente com cada um, os principais problemas enfrentados e poderá debater/sugerir caminhos para encontrar as soluções.

Hangout sobre práticas de gestão de pessoas

gestão estratégica de pessoas - hangoutNa próxima sexta-feira eu vou fazer um hangout sobre práticas de gestão de pessoas que usamos na minha empresa. Nunca está demais lembrar que a Nasajon Sistemas está desde 2003 na lista das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, então a coisa parece funcionar.

Se quiser participar, inscreva-se gratuitamente neste link e enviarei mais detalhes sobre como se conectar.

Até a próxima,

Claudio Nasajon.

Comentários

comentários

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pílulas de Gestão

Para receber gratuitamente, por e-mail, vídeos, artigos e dicas sobre empreendedorismo e gestão empresarial, preencha os dados a seguir.

Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

Quanto vale a sua empresa? Faça este teste e descubra!

Teste de estresse

Conheça o seu nível de estresse clicando na imagem abaixo e respondendo a algumas poucas perguntas.

Teste de autismo

Conheça a relação entre as suas habilidades técnicas e capacidade de socialização com este breve teste de QA (Coeficiente de Autismo).

Siga-me no Facebook

Siga-me no YouTube