Gestão & Negócios

Gestão da inovação corporativa usando concursos

gestão da inovaçãoMuitos empresários querem fazer a gestão da inovação corporativa e me perguntam como incentivar os funcionários a participar da melhoria dos produtos e serviços das suas empresa. Bem, uma das técnicas que eu recomendo é realizar concursos internos.

A gestão da inovação exige inovação, mas também exige “gestão” e isso implica em manter registros. Portanto,  antes de realizar um concurso, é útil você ler o artigo que escrevi sobre a necessidade de testar novas ideias e registrar os resultados para manter a confiança.

O que é gestão da inovação corporativa?

A gestão da inovação dentro da empresa é um trabalho de liderança que também exige criatividade. Inovação implica em mudança, mas todo o cuidado é pouco quando se trata de tirar as pessoas das suas “zonas de conforto”. De fato, a realização de concursos internos serve para envolver os funcionários que, no fundo, são os que melhor conhecem os pontos críticos da operação. Administração de empresas e administração de recursos humanos, nesse sentido, têm muito em comum, pois em ambos os casos são as pessoas que lidam com os problemas as que melhor podem definir as suas soluções.

Crie um concurso com foco no setor que deseja inovar

Se o objetivo for captar ideias para resolver um determinado problema, batize o concurso de forma a concentrar-se nesse tema específico. A gestão da inovação exige um pouco de criatividade e marketing para envolver os colaboradores.

Por exemplo: “Grande concurso de ideias para reduzir custos com energia” ou “Concurso melhores ideias para reduzir a evasão”.

Gestão da inovação também pode servir para integrar setores

Ao lançar um concurso interno para atrair ideias de melhorias nos seus produtos e processos, você pode aproveitar para promover a integração entre setores. Basta exigir que os times sejam formados por pessoas de locais diferentes.

De uma forma geral, quanto mais heterogênea for a equipe, mais criativos serão os resultados. A proposta não é somente “pensar fora da caixa”, mas principalmente, envolver todos os elos da cadeia produtiva. Por isso a gestão da inovação passa principalmente pela gestão de pessoas.

Um ponto crítico, nesses casos, é ter a preocupação de documentar os processos para gerar uma base de conhecimento. As pessoas tendem a guardar para si o conhecimento. Sabem fazer, mas têm dificuldade para escrever. Só que quando as pessoas mudam de lugar, ou saem da empresa, fazer gestão da inovação fica difícil sem as pessoas e sem o conhecimento. Documentar os processos é parte fundamental do processo.

Uma coisa é ter boas ideias, outra diferente é saber apresentá-las

Considere que muita gente tem boas ideias, mas não sabe como apresentá-las. Então em vez de exigir um plano de negócios completo, peça para submeter um esboço de uma página. Depois de selecionar as melhores propostas, você terá tempo para detalhá-las.

Gestão da inovação também exige capacitação e um dos fatores críticos do sucesso é poder convencer as pessoas que serão impactadas por cada novidade.

A propósito de apresentações, recomendo a leitura de três artigos que publiquei aqui recentemente: Audiovisual – apoio para fazer apresentações poderosasAo fazer apresentações, conte histórias e Não tenha medo de ser diferente.

Modelo de concurso para promover a inovação corporativa

A seguir apresento um modelo de site, incluindo regulamento, e um passo a passo detalhado para lançar um concurso interno para realizar a gestão da inovação em sua organização. Nestes caso, você precisa apenas adaptar os termos para o seu próprio ambiente e fazer acontecer.

Passo 1 – Planeje a campanha

Primeiro o mais importante. Como em qualquer campanha de marketing, o planejamento é essencial se você quiser que o seu concurso funcione. Uma estratégia bem definida pode ajudar no sucesso do seu concurso. Com gestão da inovação não é diferente – uma boa gestão começa por um bom planejamento:

Determine o objetivo

Comece estabelecendo onde você está (qual é o problema que quer resolver), onde quer chegar (que tipo de solução deseja). Por exemplo: “Estamos gastando muito com desperdício de energia” (equipamentos ligados desnecessariamente, retrabalho, má administração de recursos humanos etc.) ou “Queremos obter 10% de economia até o final do ano”.

Defina as datas relevantes

Avalie as datas críticas e os tempos necessários para cada etapa. Atenção com feriados, sazonalidade, férias e outras questões que podem ajudar ou atrapalhar a sua campanha. Administração de recursos humanos implica em administrar pessoas – e pessoas saem de férias, levam tempo para se acostumar com mudanças etc.

Algumas empresas fazem a gestão da inovação em paralelo com as edições anuais ou lançamento de novas linhas ou modelos.

Por exemplo: se você está no ramo de roupas, o lançamento de uma nova coleção para o verão precisa começar praticamente no inverno anterior para dar tempo de planejar os modelos, contratar os cortes, fabricar as peças e distribuí-las a tempo.

Defina o tipo de incentivo

Qual será o prêmio para os vencedores? Promoção? Dinheiro? Uma experiência inesquecível como viagem exótica? Um objeto de desejo, como iPad ou TV grandona? Neste caso é fundamental adequar o prêmio ao seu público-alvo. O prêmio deveria ser algo que os participantes não possam adquirir por si próprios para despertar o seu interesse.

Defina o orçamento

Sim, não há almoço de graça, nem se faz um concurso com custo zero. Você pode gastar pouco ou muito, mas é preciso ter em mente o resultado esperado.

Certa vez lancei um concurso de ideias que remunerava as pessoas com 10% da economia que teríamos no primeiro ano de aplicação da ideia. Houve uma gestão da inovação bastante enxuta, mas muito eficiente nesse episódio. A ideia vencedora foi a redução em meio centímetro no tamanho das folhas dos manuais, que nos rendeu uma economia de 50% no volume de papel (porque poderiamos imprimir dois em um).

Você vai ter que investir em promoção, espaço, horas de trabalho sem contar com verba para implementar protótipos e outras ações que terão custo.

Crie uma tabela de referência

Coloque numa planilha as métricas relevantes e crie duas colunas: uma para “antes” e outra para “depois”. Dependendo do caso, crie várias colunas para “depois” contendo os resultados mês a mês para avaliar os resultados ao longo do tempo de implementação.

Algumas inovações levam tempo para se estabelecer. A gestão da inovação implica numa certa paciência para esperar a mágica acontecer.

Estabeleça a duração

Nenhuma campanha deveria durar para sempre. Administração de empresas é um trabalho contínuo, mas realizado em projetos com início, meio e fim. Um período razoável para duração de uma campanha de inovação é de 1 a 3 meses, mas isso varia muito com o tipo de empresa, o tipo de produto e principalmente o tipo de problema que você quer solucionar. Para fazer a gestão da inovação você também precisa fazer a gestão de recursos humanos envolvidos no processo.

Passo 2 – Lance a campanha

A melhor forma de lançar a campanha é criar um website. Você pode fazer o seu próprio site usando algum construtor de sites como o WIX que permitem a configuração de sites prontos, mesmo por quem não conhece programação.

Ou, se você gostou do meu modelo, posso fazer um igual para você em menos de 48h por cerca de R$ 1.000 (mil reais). Neste caso, envie-me uma mensagem indicando o seu interesse e entrarei em contato para solicitar os detalhes do seu concurso para realizar a adaptção.

Veja o site modelo em http://concursodeideias.yolasite.com/

Passe 3 – Promova o concurso

Esta é a hora de colocar a boca no trombone. Vá de sala em sala, use os quadros de avisos, a intranet, o e-mail dos funcionários. Peça aos Gerentes e Supervisores que divulguem a notícia. Gestão da inovação precisa usar recursos de marketing para permitir a sua absorção pelo público-alvo.

Se puder, e couber no orçamento, recomendo fazer um lançamento formal, com direito a biscoitinhos e refrigerante, discurso do Presidente e todo o circo de um evento com pompa.

Passo 4 – Durante o concurso

Mantenha os participantes informados sobre o andamento da campanha. Dependendo da duração do concurso, reduza ou aumente a periodicidade, mas pelo menos um contato semanal é mandatório. Reforce a chamada e mostre os resultados parciais em termos de número de propostas, pessoas etc. Uma ferramenta legal para fazer a gestão da inovação é o “quadro de controle”. Pode ser uma parede com post-its colados ou um software comlexo que apresente gráficos de desempenho e tendências. O importante não é a tecnologia e sim forma como você vai fazer a administração de empresas com criatividade e eficiência.

Passo 5 – Depois do concurso

Escolha os vencedores e notifique-os formalmente;
Anuncie os vencedores, usando os canais de comunicação da empresa;
Entregue os premios.

Conclusão

Lançar um concurso é uma ótima forma de fazer gestão da inovação em sua empresa. Os concursos fomentam a criatividade e facilitam a administração de empresas e a administração de recursos humanos, criando um ambiente lúdico e produtivo.

Um livro legal, caso você queira se aprofundar neste assunto é “A bíblia da inovação”, de Phillip Kotler. Philip Kotler é a personalidade mais reconhecida no mundo quando o assunto é marketing e mesmo as suas obras mais antigas, ainda são atuais. Veja detalhes clicando na imagem do livro e boa leitura!

gestão da inovação - a biblia de Phillip Kotler

Plano de um dos maiores nomes do Marketing para promover a inovação na sua empresa, à venda na Amazon©

 

Até a próxima!

Claudio Nasajon

Comentários

comentários

No Comments Yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Missão de Negócios em Portugal (4-8/mai/20)

Seminário gratuito

Encontro AO VIVO

Converse online AO VIVO com Claudio Nasajon

Venha compartilhar experiências e encontrar soluções para aplicar no seu próprio negócio.

Siga-me no YouTube

Pílulas de gestão

Para receber gratuitamente, por e-mail, vídeos, artigos e dicas sobre negócios, preencha os dados a seguir.

Sou contra SPAM! Seus dados estão seguros comigo.

Podcast “Gestão Empresarial” no iTunes

Siga-me no Facebook